FINASTERIDA

A finasterida é uma das melhores medicações contra a queda de cabelo masculina. Ela inibe a enzima 5-alfa-redutase tipo II, impedindo a conversão da testosterona (T) em um metabólito 3 x mais ativo, a dihidrotestosterona (DHT).

A alopécia masculina é causada por uma suscetibilidade genética dos folículos pilosos à DHT, tornando o capilar mais frágil, fino e propenso à queda.

A grande dúvida é se a redução da DHT pela finasterida atrapalharia no desempenho físico e na composição corporal.

Um estudo realizado pela Universidade de Medicina de Atlanta, com 70 homens com baixa de testosterona, demonstrou que ao se tratar estes pacientes apenas com testosterona ou associado com 5 mg de finasterida (dose 5x maior que a utilizada para queda de cabelo), não houve diferença entre os dois grupos no aumento da massa muscular, da força, da performance e da redução gordura abdominal e total, apesar de uma redução da DHT em mais de 50% no grupo que usou finasterida.

Assim, podemos afirmar que a finasterida 1mg usada para o tratamento de queda de cabelo, quando associada ao uso de testosterona, não interfere na hipertrofia muscular, na perda de gordura e no aumento da força.

Apesar disso, a finasterida pode apresentar efeitos colaterais e a síndrome pós finasterida. Portanto, é importante a realização de um check-up hormonal completo antes de iniciar o seu uso.

Nossos artigos tem caráter meramente informativo e não devem ser utilizados para realizar autodiagnóstico, autotratamento ou automedicação. Consulte sempre seu médico.